Secretaria de Saúde recebe mais de 150 mil doses de vacina Pfizer do Ministério da Saúde Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Projeto criminaliza vacina que provoque sequelas

Um projeto de origem popular quer responsabilizar penalmente quem obrigar outra pessoa a se vacinar contra covid, em caso de problemas como sequelas ou morte decorrente da aplicação. O texto foi sugerido por um baiano no portal e-Cidadania do Senado Federal e, depois de receber o apoio suficiente, de todos os Estados, foi encaminhado para análise dos senadores da Comissão de Direitos Humanos (CDH).

Pelo texto, responsáveis por instituições públicas ou privadas que obrigarem funcionários a se vacinar assumiriam as consequências.

A idéia foi apenas a 24ª a ter apoio suficiente, mas está há dois meses parada aguardando designação de relator pelo presidente da CDH.

Mesmo depois de encaminhada à CDH, a proposta segue recebendo apoio na internet. Pelo portal e-Cidadania, 98% são a favor, 2% contra.

Solicitado a explicar a demora em designar relator para a proposta, o presidente da CDH, Humberto Costa (PT-PE), nem respondeu.

(com informações do Diário do Poder)

%d blogueiros gostam disto: