Cristina Segui: jornalista espanhola cita Lula e Dilma

Jornalista espanhola denuncia envolvimento da esquerda na Europa e América Latina com o narcotráfico

A jornalista espanhola Cristina Segui concedeu entrevista ao jornal O Dia, do portal IG, onde vinculou o financiamento da esquerda ao tráfico de drogas, fazendo ligações entre governos, políticos e personalidades de esquerda em países da América com Espanha e Portugal, numa rota que liga os continentes no aporte financeiro a partidos progressistas do outro lado do Atlântico.

Segui fez graves acusações ligando países-membro do Foro de São Paulo, notadamente Cuba e Venezuela, incluindo Brasil, com lideranças políticas progressistas da Espanha. Expôs o envolvimento de autoridades do país com desvios na petroleira venezuelana PDVSA, grupos terroristas como Hezbollah e ETA, além de uma rede de interesses que conecta os dois lados do atlântico e alcança até países de outras partes do globo.

Com relação ao Brasil, a jornalista afirma que na cidade de São Paulo estão localizadas as principais bases da inteligência do Hezbollah, de Cuba, da Venezuela e do Marrocos. Ela afirma que os  chineses apoiarão radicais do Marrocos por meio de entidades como o Haitong Bank, uma verdadeira “agência de inteligência econômica chinesa”.

No Boletim da Manhã desta quarta-feira (06), a bancada do Terça Livre analisou a entrevista concedida pela jornalista espanhola. O analista político Carlos Dias fez um paralelo entre a realidade das grandes cidades brasileiras, reféns do tráfico de drogas, com as ações políticas de esquerda.
“É importante frisar também que aqui na América Latina, o controle armado e pesado do narcotráfico é evidente, principalmente no Brasil. A gente vê as estruturas das nossas grandes cidades, ampliação do consumo, a expansão das áreas controladas por narcotraficantes e não há nenhuma observação que os ligue de uma maneira direta com os partidos políticos, embora as denúncias sejam imensas, principalmente em relação ao Foro de São Paulo. Então por que esses partidos permitem que se prospere, por exemplo, a luta pela liberação das drogas? Por que o discurso da esquerda está sempre no ambiente deletério da escravização humana, destruição da economia, domínio permanente das pessoas, ao invés de empreender a liberdade?”, questionou.
Veja o video com a denúncia da Jornalista Cristina Segui, apresentado pelo Jornal  da Record.
(Com informações do Terça Livre)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: