Empresa de MS vai facilitar venda de produtos do Brasil para Dubai

São Paulo – A marca brasileira 067 Vinhos, nascida em Campo Grande/MS, está em expansão e tem como mercado-alvo o Oriente Médio. Em contatos constantes com governo e instituições dos Emirados Árabes Unidos, a empresa agora passa a fazer parte da recém-criada Pantanal General Trading, que vai facilitar a comercialização de diversos produtos do Brasil na região árabe.

O casal de brasileiros Alan Oliveira e Gabriela Pache são os fundadores das marcas. A primeira empresa, focada em vinhos, foi idealizada em 2018 e entrou no mercado no início de 2021. “Primeiro formamos nosso negócio em Campo Grande (MS), a casa da 067 Vinhos. Uma vez que ela estava estruturada, partimos para abordar novos mercados e expandir, sempre respeitando o fluxo natural de abundância e prosperidade que a vida oferece”, explicou Alan em entrevista por e-mail à Agência de Notícias Brasil-Árabe (ANBA)

Alan Oliveira e Gabriela Pache, da 067 Vinhos

Para dar um passo em direção ao mercado externo, os empreendedores criaram, então, a nova trading. Sob o guarda-chuva da Pantanal, eles conseguiram viabilizar os negócios internacionais, sobretudo nos mercados árabes, partindo dos Emirados Árabes Unidos. “Neste momento está sendo finalizada a infraestrutura logística para armazenamento e comercialização dos vinhos e bebidas da 067 Vinhos nestes mercados, direto de um centro logístico em Dubai”, afirmou Oliveira.

Com a estrutura pronta, o empresário quer expandir os negócios para mais itens do Brasil e fazer parceiras com outras marcas. “Todas as empresas e produtores brasileiros interessados em escoar seus produtos para os Emirados passam, desde já, a contar com nossos recursos comerciais, logísticos e de desembaraço aduaneiro, para entrada e livre circulação de mercadorias dentro desses mercados”, disse ele.

Desde que atuou no Oriente Médio, há dez anos, o empresário mantém o território no radar. “Eu, pessoalmente, já venho desenvolvendo contatos comerciais na região há quase uma década, através de outros empreendimentos. É uma região próspera, onde vigora a lei do respeito e da confiança nos negócios; e também é um povo que está sempre com a atenção voltada a inovações, buscando o melhor para o seu povo e seus negociantes. Por isso, desde que estive nos Emirados pela primeira vez, soube que faria muitos negócios por aqui”, afirmou.

O plano de exportação da empresa começou a ser colocado em prática ainda em 2021, quando Oliveira visitou o escritório de Dubai da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, da qual a marca é associada. “Nosso fluxo de realização é muito acelerado; desde nossa última reunião, as tratativas com os órgãos públicos dos Emirados, responsáveis por viabilizar a operação, seguiram muito rapidamente. Hoje já possuímos todas as licenças necessárias para importar diretamente do Brasil aos Emirados, e também para fazer o caminho contrário, ou seja, exportar produtos árabes para o Brasil”, revelou o empresário.

A 067 Vinhos conta com mais de 200 marcas

As estratégias da trading para atender o público de Dubai devem render ao consumidor tanto acesso direto quanto a possibilidade de compra em parceiros. “Estamos preparando um grande lançamento e temos certeza de seu sucesso”, disse ele, frisando que a venda online que a marca já desenvolve no Brasil será também um dos pilares do trabalho no exterior.

A Pantanal Trading foi patrocinadora do Fórum de Sustentabilidade Econômica na Região Amazônica – Brasil e Emirados Árabes Unidos. O evento aconteceu no dia 03 de outubro de forma híbrida, contanto com o público de Dubai e audiência em todo o mundo, que acompanhou os debates através da transmissão ao vivo.

Vinhos

A 067 Vinhos segue com seu portfólio que conta mais de 200 marcas, entre rótulos de vinhos, cachaça, gin e acessórios. “Nós, além de apreciadores de bons vinhos, somos apaixonados pela busca do conhecimento antropológico, pelas origens do homem; e o vinho está ligado a essa história”, detalhou o empresário.

Para o brasileiro, o foco do trabalho é valorizar e potencializar a visibilidade do vinho nacional frente ao resto do mundo. “Investimos em conhecimento e experiência. Trabalhamos com nossa linha autoral, cujo objetivo é promover a cultura brasileira, mais especificamente do nosso Mato Grosso do Sul. Neste momento são cinco produtos: Eita Pega Pinot Noir, Aura Rosa Espumante Pinot Noir, Comitiva Pantaneira Grande Reserva, Bonito Merlot e o Salto da Piraputanga Chardonnay”, concluiu Oliveira.

%d blogueiros gostam disto: