(Foto: Divulgação Governo MS)

Pacote de projetos promete alavancar retomada da economia em MS

O Governo do Estado de MS, através da Secretaria de Estado de Saúde, com o apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (FIEMS), Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (COSEMS) e da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (ASSOMASUL) lançou nesta segunda-feira (27), o Programa “Retomada Segura MS”. É um pacote de medidas sanitárias que garantam maior segurança para o funcionamento dos diversos setores da economia do estado e da população em geral. O lançamento também marca a comemoração da marca histórica atingida pelo Estado, de mais de 70% da população acima de 18 anos ou mais, já imunizada.

Com base nos indicadores atuais da pandemia, com redução de casos ativos, queda sustentada das taxas de hospitalização e dos óbitos, o Secretário de Saúde Geraldo Rezende disse que “É o momento de retornar às atividades rotineiras. Mas precisamos garantir que este retorno seja seguro para todos, por isso, as nossas equipes criaram medidas que visam estabelecer cuidados, de forma a não impactar e retroceder os índices alcançados no combate à pandemia Covid-19”.

Mato Grosso do Sul ultrapassou a marca de 70% da população maior de 18 anos com o ciclo completo de imunização contra a covid-19. Celebrar a chegada a essa marca é importante porque a pandemia já ceifou diretamente a vida de sul-mato-grossenses, restringiu o acesso aos cuidados de saúde e forçou o encerramento precoce de muitos negócios, induzindo ao desemprego e limitando o crescimento da nossa economia.

O Programa “Retomada Segura MS” visa fortalecer as medidas de proteção individual e coletiva contra o Coronavírus, contendo um conjunto de seis ações que possibilite o cidadão sul-mato-grossense a retomar suas atividades cotidianas dentro de um ambiente mais favorável à sua segurança: Biossegurança MS, Teste MS, Conscientiza MS, Passaporte Vacina MS, Imuniza Trabalhadores MS e Vacina MS.

Enta como vão funcionar as medidas:

  1. Projeto Biossegurança MS – Reforça as medidas gerais de biossegurança a serem empregadas pelos diversos setores da sociedade, como forma de controle e mitigação da COVID-19, o qual está tramitando no Governo do Estado e será encaminhado para a ALEMS ;
  2. Projeto Teste MS – Amplia a realização de testes rápidos de antígeno, a notificação dos resultados e a contraprestação de utilização dos mesmos, que serão empregados pelos 79 municípios. A SES/MS ampliará a distribuição desses aos municípios, os quais dependem de um resultado oportuno para auxiliar na conduta clínica imediata.
  3. Projeto Conscientiza MS – Orienta o cidadão sobre a manutenção de cuidados de biossegurança após ser vacinado.
  4. Projeto Passaporte Vacina MS – Exige a apresentação do comprovante de vacinação da 1ª dose, para acesso a eventos e atividades que reúnam público superior a 100 pessoas, o qual está tramitando no Governo do Estado e será encaminhado para a ALEMS;
  5. Projeto Imuniza Trabalhadores MS – Realiza a busca ativa dos trabalhadores das indústrias que ainda não se vacinaram ou que ainda não completaram o seu ciclo vacinal. Parceira no projeto, a FIEMS vai oferecer aos seus associados um selo ouro, para as empresas que tiverem 100% dos colaboradores imunizados, como forma de incentivo.
  6. Projeto Vacina MS – Aplicação de 275.000 doses pelos 79 municípios do estado, dentro de um período de sete dias, bem como, a realização do dia “D” da vacinação.
%d blogueiros gostam disto: