Comprovante de vacinção pode ser exigência para entrada em certos recintos (Foto: Divulgação) divulgação

Passaporte da imunidade deve ser adotado até o final do mês

Com a retomada da vida, quase ao normal diante da redução dos numeros relacionados à Covid, o chamado ‘passaporte da imunidade’ tem sido muito discutido e o Prosseguir (Programa Saúde e Segurança na Economia) pode ter uma definição até o fim do mês. O presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, Eduardo Riedel diz que se o estado adotar o passaporte, terá consequências muito importantes, por isso, deve-se ter cautela. Enquanto não há uma definição sobre o assunto, Riedel continua defendendo que os próprios empreendedores devem definir suas próprias regras. O ‘passaporte da imunidade’ é quando o estabelecimento exige a comprovação de vacinação para aceitar que o cliente entre no local.
O chamado ‘passaporte da imunidade’ é o assunto da vez, não só aqui mas também em outras capitais, e tem gerado polêmica como medida para evitar uma nova onda de casos novos de coronavírus. A ideia é de que a carteirinha de vacinação contra a covid seja exigida na entrada de eventos. Mesmo com a discussão ainda em pauta, a população já pode garantir o comprovante da vacinação contra o coronavírus. É possível, inclusive, tê-lo no celular, para acessar quando quiser.
O acesso pra baixar o comprovante pode ser feito pelo site vacina.campogrande.ms.gov.br.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: