Comprovante de vacinção pode ser exigência para entrada em certos recintos (Foto: Divulgação) divulgação

Manifestação contra “Passaporte Covid”

Está convocado para este sábado, 18, um protesto “em escala global”, como destacam organizadores, contra a exigência de apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 em estabelecimentos comerciais ou para permitir o acesso a áreas de grande circulação de pessoas. A medida começa hoje a ser adotada no Rio de Janeiro e já vem sendo seguida em São Paulo, em eventos acima de 500 pessoas. E tambem discutida em MS.

O movimento internacional é convocado por meio do grupo identificado como #wewillALLbethere (todos nos estaremos aqui).  No Brasil, a mobilização para o protesto é pequena e se resume a grupos de apoiadores do presidente Bolsonaro, que se opõe publicamente à medida, cuja adoção já está prevista por vários governos estaduais. Nas redes sociais, estes grupos levantam a rashtag #passaportesanitarionão, e divulgam supostas fotos da reação mundial à iniciativa. Alguns parlamentares encamparam a rejeição à medida, considerando ainiciativa discriminatória, antiética e inconstitucional.

Para o próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o passaporte sanitário  é “uma medida totalmente descabida”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: