Neste final de ano não quero desejar a todos um Feliz Natal, mas de forma alguma desejarei um “Triste Natal”. Também não quero desejar votos de felicidade, ou que você alcance todas os seus desejos e tenha muitas realizações. Mas também não quero o contrário, claro. E vou evitar emanar votos de paz e de felicidade pra você e toda a sua família, apesar de estar entre os meus desejos. Vou desejar a todos algo muito maior que tudo isso!

Desejo a todos vocês, que leram meus artigos o ano todo, muita CONSCIÊNCIA! Consciência de que existem mais pessoas precisando de paz, harmonia e felicidade do que nós. Que precisam muito mais de nós do que nós dos outros.

Desejo também que vocês sejam mais ALTRUÍSTAS, que pensem um pouco mais nos necessitados, em quem não terá uma boa ceia neste fim de ano e naqueles para os quais uma boa ceia representa o alimento de um ano todo de fome.

Meus votos para você neste ano que termina, são de SOLIDARIEDADE e COMPAIXÃO com os mais idosos, com as crianças especiais, com os cegos, os cadeirantes e aqueles que tem deficiência mental.

Em 2014, desejo que todos tenham mais LUCIDEZ para escolher nossos novos governantes. Que tenham INTELIGÊNCIA para não cair na lábia de larápios de colarinho branco, de políticos corruptos, de gente que caga em nossas cabeças um mandato inteiro. Desejo CORAGEM para mandar esses políticos pro inferno e para a obscuridade e esquecimento e ILUMINAÇÃO para escolhermos quem realmente merece.

Quero que o novo ano seja de FIDELIDADE a todos. Fidelidade ao seu coração, aos seus princípios, à pessoa que você ama de verdade e que esteve ao seu lado o ano que passou. Fidelidade aos seus ideais e objetivos. Desejo ainda HONESTIDADE com sua consciência, com seus familiares, com seus amigos e colegas de trabalho.

Torço para que em 2014 os corações estejam repletos de HUMILDADE, que as pessoas aprendam a perdoar mais, a pedir mais desculpas e a admitir mais seus erros ao invés de tentar errar menos. Rezo para que a GENTILEZA seja a palavra de ordem. Gentileza no trânsito, no trabalho, em casa, nas ruas, no seu dia-a-dia.

Clamo para que tenhamos mais AMOR, seja ao próximo, ao desconhecido, a aquele que nos magoaram um dia mas já foram perdoados, aos nossos familiares distantes e ausentes e ao nossos filhos e esposas que as vezes negligenciamos por causa do trabalho.

Meus votos de SABEDORIA, DISCERNIMENTO e COERÊNCIA!

Por fim, entre tantos outros sentimentos, desejo que todos tenham mais ! Fé para crer na mudança, na melhora, no crescimento. Fé para acreditar que tudo tem solução, tem um caminho melhor, tem um destino pré definido. Fé para não desistir nunca e admitir que existe algo maior que nos guia, nos ilumina e nos protege.

Uma FELIZ VIDA PARA TODOS!