Quem dá mais, quem dá mais?

Estaremos voltando ao passado?

Há muito tempo nossos valores morais estão sendo banalizados. Não fumar maconha é ser careta, não trair é babaquice, mentir faz parte da natureza humana, encher a cara é “irado” e honestidade, que deveria ser obrigatória no ser humano, acabou virando uma qualidade de poucos. Enfim, o que deveríamos ter como virtude, parece que está caindo em desuso. E olha que nunca fui nem um pouco careta. Agora, colocar a virgindade a venda num leilão pra mim é a forma mais bizarra de banalizá-la na busca de se tornar uma celebridade.

Sempre achei essa coisa de virgindade uma besteira tremenda, mas nunca questionei ninguém que quisesse mante-la até “encontrar a pessoa certa”. Tenho duas enteadas do meu primeiro casamento e esse sempre foi um assunto muito aberto em casa. Cada uma deveria saber a hora de “virar mulher”, sem nenhuma pressão. E souberam. Sem comunicação prévia ou posterior. Simplesmente seguiram o rumo natural das coisas.

Agora vejam o caso dessa menina de Itapema, Santa Catarina. O leilão da sua virgindade já bate na casa dos 300 mil reais. Que absurdo é esse em que alguém pagaria uma quantia dessa só para ser o “primeiro” de uma jovem? Não sei o que é pior: a atitude do pretendente ou da própria menina. No caso dela, até podemos encaixá-lo no de outras que fazem de tudo para alcançar a fama rápida sem qualquer esforço – casos das mulheres-frutas, das maria-chuteiras, maria-gasolinas, oportunistas de plantão que agarram qualquer oportunidade que aparece pela frente por alguns momentos efêmeros de fama. Mesmo que essa fama não seja lá muito positiva.

É, banalizaram ainda mais a virgindade que já estava em desuso. Será que é tão difícil hoje em dia encontrar uma jovem virgem que haja a necessidade de se pagar uma fortuna para tê-la? Pode ser que sim. Pode ser que isso esteja virando mesmo uma raridade nos tempos de hoje. Agora, expor isso de maneira pública e vender essa espécie de honra num leilão me parece com outra coisa: trocar sexo por dinheiro, mesmo que seja uma vez só, pra mim tem outro nome há centenas de anos.

Mas e os pais dessa garota? O que dizem? “Ah, mas é um documentário, é arte. E os 300 mil reais (ou mais) serão muito bem vindos!”

As regras da relação sexual com o vencedor do pregão incluem exames médicos de ambos, apenas 1 hora para que o fato seja consumado e, pasmem, não permite beijos entre o casal. Ou seja: é chegar e PÁ-PUM! Lá se vão centenas de dólares do imbecil e um hímen rompido. Tudo sem romance, sem clima, sem apresentações prévias, sem nenhum sentimento. Talvez nem o de culpa.

Será que ao invés de modernidade, esse leilão não é uma representação atual do que acontecia no passado? Vejo na minissérie Gabriela que a virgindade é um quesito de valor, de honra. E o pagamento por ela vinha através da cessão de dotes ao pai da moça que só era aceita se ainda fosse virgem. Senão, nada feito. Será que o que acontecia naquela época, anos 20, 30, 40, é muito diferente desse leilão? Pelo menos o casamento era obrigatório naqueles tempos.

É… pode ser que estamos mesmo voltando ao passado e não estamos percebendo! Só não podemos achar que isso é normal demais senão além de perder nossos valores vamos perder também a razão.

10 thoughts on “Quem dá mais, quem dá mais?

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 10:53
    Permalink

    Realmente os valores hj em dia estão invertidos, tenho 25 anos e ainda sou virgem, apesar de ter lido que vc achava uma besteira,pra mim faz sentido!Quero que aconteça com a pessoa certa, não acho que quem não é virgem não tem valor, mas agora leiloar é demais.

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 12:24
    Permalink

    Acho hipocrita indignar-se com isso, vindo de um portal populista, que não tem seção de horoscopo, pelo dono ser “chefe de uma seita” que diz que é pecado, mas mostra a bunda de fulana, o seio de ciclana, fulana é miss chuteira, isso tudo na home page e em destaque, no portal.
    Acho leiolar a virgindade uma jogada comercial par aa pessoa ficar em evidencia e a midia escandalosa e louca por porcarida desse tipo é que alimenta isso.

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 13:16
    Permalink

    Ogg, concordo plenamente com tudo isso. Algumas pessoas, infelizmente, fazem de tudo pela fama e pelo dinheiro. Uma pena! Vender o corpo já é muito triste! Acredito que poucas mulheres fazem isso por prazer, por opção. Acaba sendo, talvez – além do caminho mais fácil – falta de opção e oportunidade. Enfim, leiloar a virginidade e fazer disso um verdadeiro showbiz é, no mínimo, bizarro!

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 14:21
    Permalink

    Nunca fui muito puritana, nem uma defensora do sexo apenas depois do casamento. Agora daí a vender a virgindade por dinheiro? Isso é prostituição, sem sombra de dúvidas! O que mais que chocou nesse caso foi o apoio dos pais em aceitar como uma coisa normal… Quer dizer, eles deviam ser pais! Agindo desse jeito, não estão sendo pais.
    Eu não sou mãe, mas eu tenho uma mãe e tive uma avó, as duas muito zelosas. Me ensinaram o certo e o errado, a ouvir minha consciência, e vendo uma notícia dessa, eu só consigo sentir vergonha por essa jovem, por esses pais… Eles tinham que ser a consciência dela. O que está havendo com a humanidade???
    P.S: As formas de família podem ter mudado, mas os valores não deviam mudar!

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 16:01
    Permalink

    E O FIM DO MUNDO E POUCO NAO SEI A ONDE VAI A HUMANIDADE MAIS ACHO QUE NAO MUITO LONGE CADA DIA E ALGO PIOR

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 16:08
    Permalink

    Ogg, boa tarde!!
    Tenho 61 anos e concordo plenamente com seu comentário, me parece inclusive que há além da permissão dos pais uma certa torcida para que o ato logo se conclua.
    Bons tempos aqueles em que a primeira noite de um homem, via de regra, quem levava era o pai, hoje há esta péssima inversão de valores e as mães, com raríssimas exceções, incitam suas filhas para cometerem estes desatinos!!!
    Forte Abraço!!

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 18:26
    Permalink

    Parabéns pelo belo post Ogg!!!
    Percebi no Programa da Tarde que, ao ser entrevistada, a jovem aspirante à prostituta não demonstrava nenhum tipo de preocupação à respeito da polêmica. Inclusive disse achar “legal” tal exposição. Isso é fato!!! A fama sempre foi o seu objetivo principal, e convenhamos, ela conseguiu!!! Mais uma p/ o legado de Maria Magdalena!!!

    Abraços

    Sidnei Eclache

  • 27 \27\+00:00 setembro \27\+00:00 2012 em 19:02
    Permalink

    Cada um tem seu valor ou não!

  • 28 \28\+00:00 setembro \28\+00:00 2012 em 00:18
    Permalink

    “Lá se vão centenas de dólares do imbecil e um hímen rompido.” Resume Tudo. E, sim, é uma volta ao passado , mas da maneira que saudosistas gostariam. Um retorno mal feito, isso sim. (parabéns, finalmente alguém tratou o assunto de forma coesa, outros sites brasileiros fizeram papel de tablóides britânicos da pior espécie ao noticiar a aberração).

  • 30 \30\+00:00 setembro \30\+00:00 2012 em 15:07
    Permalink

    É meu povo, todo mundo fala o que quer mais uma hora ou outra vai ter uma grande surpresa, essa historia é muito triste sim, um amenina colocou o mundo de cabeça pra baixo, leiloando sua virgindade, cada um fala uma coisa, uns xingam outros criticam alguns tem dó dela, tem gente queria esta no lugar dela, pode ter até alguém querendo matá-la, outras orando por ela e pedindo a DEUS que alguém de o último lance e tire ela do meio daquelas cobras que a arrodeião criando falsas expectativas, ela esta sendo usada e explorada como se fosse uma mina de ouro e eles estão conseguindo, são pessoas desprovidas de caráter cem coração não tem amor pelos seres humano tudo pra eles é negocio. Já conseguiram colocar isso na cabeça da menina ´´ Catarina ´´ ou vocês acham que tudo isso foi de caso pensado por essa menina, claro que não, já vem trabalhando o psicológico dessa menina a meses, é uma equipe monstruosa com estrutura e condições de mudar a cabeça de qualquer pessoa normal, ainda mais de uma menina. Vamos espera muita coisa pode acontecer ainda, quem sabe tem alguém que pense como eu HÉLIO e traga essa menina de volta para os pais dela, cem ser precisar de ser usada como se fosse um objeto. Estou jogando na mega sena se eu ganha vou resgatá-la, alguém duvida disso?

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: