Coragem é para poucos

A foto acima está circulando pelas redes sociais. Para quem não conhece a história, o rapaz aí chamado Vítor, de 21 anos, foi brutalmente espancado em Ilha do Governador/RJ, depois de tentar livrar um mendigo do linchamento. Os autores dessa barbaridade eram cinco jovens de classe média, na mesma faixa de idade. Cinco covardes que não contentes em espancar um mendigo, fizeram o mesmo com seu salvador. Cinco moleques que, talvez, nunca devem ter apanhado dos seus pais que, provavelmente, sempre os mimaram com tudo que estraga um ser humano. Cinco idiotas que vêem diversão na violência, como muitos dos jovens nessa idade que, sem a necessidade de ter de trabalhar, procuram no ócio e na vagabundagem um meio de vida.

Ainda não se conhece a história de Vítor, o que fazia e como ele é. Mas sua atitude diz muito sobre suas virtudes. Quantos de nós já deram as costas para mendigos sentados nas calçadas, que estavam apenas pedindo dinheiro? Quantos de nós já passaram reto por um pessoa que sofreu um desmaio na rua sem oferecer ajuda? Quantos de nós já viram um homem agredir outra pessoa e não deu a mínima, achando que aquilo era um problema particular? Quantos de nós já parou para pensar o quanto somos covardes em dar as costas para situações como as que citei?

Vítor Suarez, por sua coragem, não está nestas listas. Para ele, naquele momento, não importava se tratava-se de um mendigo, um colega ou um parente. Era um ser humano sendo espancado. E também não importava o motivo. Ele não pensou nas consequência e partiu em sua defesa, mesmo que já imaginasse que os resultado poderiam ser os piores, como foram. Talvez ele não se torne um mártir. Talvez ele não sirva de exemplo para muitos que acreditam que ele não deveria ter se metido na briga. Talvez a história dele seja esquecida em algumas semanas. Mas uma coisa é certa: nós, aqui com os nossos botões, vamos pensar, o resto da vida, sobre o que teríamos feito no lugar dele. E cada vez que nos olharmos no espelho vamos tentar imaginar se teríamos a mesma coragem.

Imagino que a resposta da consciência de cada um vai nos assombrar por um bom tempo. Pelo menos para aqueles que tem consciência e um mínimo de decência! Eu confesso: não sei se teria a mesma coragem de Vítor porque nunca passei por situação semelhante. Mas ele me inspira a tomar a mesma atitude caso seja preciso. Por isso o admiro e o homenageio nesse artigo.

Vítor, você é um vencedor e merece sim estar acima dessas fúteis celebridades que surgem do nada e, sem qualquer virtude, infectam nossas mídias diariamente. Que a sua coragem faça muita gente pensar o quanto são insignificantes.

8 thoughts on “Coragem é para poucos

  • 6 \06\+00:00 fevereiro \06\+00:00 2012 em 07:42
    Permalink

    Olá… bom texto, apenas faça uma correção! A agressão ocorreu na Ilha do Governador e não em Niterói!!!!

  • 6 \06\+00:00 fevereiro \06\+00:00 2012 em 08:25
    Permalink

    Parabéns pelo artigo. É de pessoas como o Victor que precisamos para mudar a cara de um país injusto, hipócrita, violento e que não cumpre a lei. Se houvesse alguns como o Victor na Câmara Federal e no Senado, o Brasil seria bem melhor.

  • 6 \06\+00:00 fevereiro \06\+00:00 2012 em 09:19
    Permalink

    Ogg, tenho 57 anos e por incrível que pareça nunca presenciei uma agressão e nem mesmo um roubo (não tem nada a ver c/esse caso),portanto não sei qual seria minha reação, acho que eu ajudaria também, não sei.Talvez por ser mulher eu não entraria na briga, mas chamaria um policial, se é que isso adiantaria alguma coisa depois de ver o que esses monstros fizeram no Pinheirinho e que estão fazendo agora em Salvador.
    Deve ser porque não moro em uma capital, moro em uma cidade de 500.000 hab.o motivo de não ter presenciado.
    Esse moço é um exemplo mesmo e fico indignada com o que aconteceu c/ ele.
    Semana passada voltei a confiar no ser humano por dois acontecimentos, um é o desse rapaz que está assim por um ato de bondade em relação ao mendigo, outra foi a de uma moça em Porto Alegre que tirou um mendigo da rua ajudando o mesmo a buscar seus direitos junto ao governo (Carta Maior).
    Torcendo muito para que Vitor melhore rapidamente!!

    Um abraço
    Júnia

  • 6 \06\+00:00 fevereiro \06\+00:00 2012 em 23:48
    Permalink

    Vitor muito obrigado,vc me faz ainda acreditar no ser humano que tenhamos esse herói (Vitor)como exemplo,vc vai sair dessa,quem sai prá salvar é salvo.Lindo seu artigo Ogg parabéns

  • 7 \07\+00:00 fevereiro \07\+00:00 2012 em 08:05
    Permalink

    Maravilhosa as suas palavras!! Vitor merece todos os nossos aplausos e toda a nossa consideração!!! Quem dera o mundo fosse feito de pessoas como Vitor!!! – Mas, infelizmente, as atenção vão para BBB’s, mulheres frutas, etc… PARABÉNS VITOR!!! Seus pais devem ter orgulho de vc!! – Parabéns Ogg!! – PUNIÇÃO SERVERA AOS CULPADOS !!

  • 7 \07\+00:00 fevereiro \07\+00:00 2012 em 08:54
    Permalink

    SEM DUVIDAS VITOR VC É UM HEROI AO CONTRARIO DOS COVARDES QUE FIZERAM ISTO CONTIGO SAIBA QUE ESTAMOS AO SEU LADO E TORCENDO PARA QUE JUSTIÇA SEJA FEITA E QUE ESTES VERMES MALDITOS QUE SO ENCHE A TERRA SEJAM BANIDOS DA UMANIDADE

  • 7 \07\+00:00 fevereiro \07\+00:00 2012 em 21:12
    Permalink

    Parabens pelo texto, otimas palavras para um jovem excelente! Ainda acredito que um dia veremos pessoas assim serem enaltecidas.

  • 8 \08\+00:00 fevereiro \08\+00:00 2012 em 10:20
    Permalink

    voce e verdadero heroi

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: